23/08/2019 às 12h13min - Atualizada em 23/08/2019 às 12h13min

Procedimentos para melhorar a aparência do nariz

Saiba como deixar o nariz ainda mais bonito e tire suas principais dúvidas sobre o assunto.

- AesCare

Crédito da imagem: thekspa.com
O nariz é uma das estruturas faciais cuja estética mais incomoda as pessoas.
 
Um nariz torto, com tamanho aumentado e formato irregular pode requerer algum procedimento para melhora da aparência.
 
Hoje vamos conferir alguns procedimentos que podem ajudar com o processo, deixando o nariz mais belo e cuidado.
Pronta para saber mais sobre o assunto? Continue sua leitura até o final!
Principais procedimentos para o nariz
        
Rinoplastia
 A rinoplastia vem ganhando espaço no cenário brasileiro. Também conhecida como cirurgia do nariz, a técnica promete melhorar sua aparência fazendo correções estéticas.
 
Ela pode ser utilizada para uma série de objetivos, como:
  • Aumentar ou diminuir o tamanho do nariz;
  • Mudar a projeção da ponta;
  • Afinar sua estrutura;
  • Diminuir o osso ou “calo” do nariz, conhecido como giba óssea.
 
Devido à grande aplicabilidade, as técnicas do procedimento variam bastante conforme quais resultados se deseja obter.
 
Para quem a Rinoplastia é indicada?
A partir dos 15 anos de idade já é possível se submeter ao procedimento, visto que esse é o período necessário para completa maturação das estruturas nasais.
 Não é só para questões estéticas que a cirurgia é recomendada, mas também para:
 
  • Corrigir o septo nasal;
  • Realização da turbinectomia (retirada dos cornetos nasais, as famosas carnes esponjosas);
  • E também para quem está insatisfeito com o formato do nariz.
 
Como funciona o procedimento?
 As incisões podem ser feitas tanto na parte interna quanto externa da narina, sendo denominadas técnicas abertas ou fechadas.
 A cirurgia acompanha anestesia e possibilidade de sedação conforme necessário, levando até duas horas para ser realizada.
 
Para quem a cirurgia é contraindicada?
O procedimento é contraindicado nos casos de:
  • Mulheres que estão amamentando;
  • Quem faz uso de medicamentos anticoagulantes;
  • Doenças prévias em sua fase aguda.
 
Cabe ao cirurgião analisar cada caso e verificar alguma outra contraindicação que impeça ou comprometa tal procedimento.
Riscos do procedimento
Os principais riscos desse tipo de cirurgia incluem os comuns à todas cirurgias plásticas, como:
  • Risco de resposta alérgica à anestesia;
  • Resultados insatisfatórios;
  • Problemas com a cicatrização;
  • Sangramento excessivo da região;
  • Chances de infecção.
 
Por esse motivo, deve-se seguir atentamente os cuidados do pós-operatório para evitar qualquer tipo de complicação.
 Além disso, a escolha de um cirurgião plástico habilitado que realize a cirurgia em local específico diminui muito os riscos, contribuindo para toda a sua saúde.
 
É importante você esclarecer bem para o médico quais são suas reais expectativas com a cirurgia, isso vai impedir que ele realize uma técnica que não fique de acordo com o que você imagina. Portanto, pesquise bastante e não tenha medo de expor seus anseios.
 
Assim, o profissional irá analisar sua estrutura atômica e seus anseios e utilizar as técnicas mais modernas e adequadas de acordo com seu quadro físico ou fisiológico.
 
 
Rinomodelação
         Diferentemente da rinoplastia, a rinomodelação é um procedimento estético não cirúrgico que modifica o nariz utilizando o preenchimento com seringas e agulhas.
 
         Ela é muito indicada para quem deseja alterar aspectos indesejáveis do nariz mesmo sem se submeter a cirurgias plásticas.
 
         Mas é importante ter em mente que nem todas as condições poderão ser melhoradas com o processo. Por exemplo, somente a rinoplastia é capaz de abaixar a ponta do nariz ou diminuir um nariz de tamanho aumentado.
 
         Por isso, embora muito promissora, ela não será indicada em todos os casos.
 
Para quem a rinomodelação é indicada?
         Ainda não existe um consenso claro a respeito das indicações para a rinomodelação e tudo depende da avaliação do cirurgião.
 
         Mas frequentemente os casos se associam com:
  • Pequenas alterações ou imperfeições nasais;
  • Para potencializar ou retocar os resultados da rinoplastia no decorrer do tempo.
 
Como funciona o procedimento de rinomodelação?
         A rinomodelação costuma ser bem mais rápida e simples do que a rinoplastia, durante cerca de trinta minutos.
 
         Primeiramente, é realizada uma assepsia (limpeza profunda) do local e aplicação de creme anestésico tópico para redução da dor. Em seguida, porções do material escolhido serão injetadas na região ou em estruturas próximas, garantindo um melhor contorno de acordo com os resultados desejados.
 
         É importante ter em mente que os resultados do procedimento não são definitivos. Principalmente se realizada com ácido hialurônico, é normal que o organismo degrade tal substância com o passar do tempo.
 
 
Cuidados do pós-procedimento
         O pós-procedimento costuma ser indolor e com pouco inchaço e hematomas.
        
          De qualquer maneira, é necessário tomar certo cuidado para evitar qualquer tipo de trauma na região de preenchimento.
 
         Em caso de dores ou reações alérgicas, que incluam dificuldade de visão, febre ou aspecto pálido, entre em contato imediato com o profissional responsável ou procure um serviço de emergências médicas.
 
        
 
Quais são suas contraindicações?
        Geralmente o procedimento inclui o preenchimento com ácido hialurônico, por isso, caso a pessoa apresente algum tipo de alergia ou impossibilidade de fazer uso do material a ser injetado, está expressamente proibida a realização do procedimento.
 
         Da mesma maneira, ele também não deve ser realizado em gestantes.
 
 
 
Riscos do procedimento
         Embora o procedimento seja simples, não cirúrgico e não envolva muitos riscos, eles existem!
 
Quando surgem, podem incluir: necrose tecidual, ondulações na região e até mesmo cegueira.
 
         Por isso, é muito importante realizá-lo com um profissional qualificado, evitando complicações devido ao uso indevido do produto ou erro de aplicação na anatomia nasal.
 
 
Outros aspectos importantes
         Seja para quem está incomodado com o aspecto nasal ou para quem necessita de alguma correção estrutural, existem alguns procedimentos específicos muito recomendados para cada situação.
         A rinoplastia é uma cirurgia plástica que inclui vários benefícios, incluindo as chances de diminuição do tamanho do nariz e correção de malformações.
         Já a remodelação, embora menos invasiva, também promete alguns resultados satisfatórios para remodelar sem alterar a estrutura nasal.
         Se você deseja se submeter a algum procedimento na região, procure um cirurgião plástico qualificado para analisar suas necessidades e propor o melhor procedimento estético para seu caso.
 
         Gostou do conteúdo de hoje sobre procedimentos para o nariz? Comente logo abaixo suas dúvidas – estamos prontos para atendê-la!
 
 

Link
Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp