16/10/2015 às 19h47min - Atualizada em 16/10/2015 às 19h47min

Homossexual sente-se constrangida em terminal pesqueiro da CEAGESP e desabafa no JNC....

Uma travesti de 53 anos está sendo proibido de entrar no terminal pesqueiro na CEAGESP. Após ter tentado entrar para pegar peixe.
"Todos vão até o cais para pegar um peixinho, eu sempre entrei, mais de um tempo para cá os guardas não estão deixando eu entrar. Eu percebi que quando eu chego logo os seguranças vai e pega o peixe para mim como eu fosse uma marginal e disse “,
‘’ Eu sou como todo mundo. Tenho meus direitos. Fui discriminada. Eles não deixam eu entrar no cais da CEAGSP. Os meus  amigos têm que pegar algum peixe para mim, pois eu sou sozinha e todos me conhecem aqui na cidade, sempre fui honesta, porque eu não posso entrar? ’’ Disse ela.
O segurança disse a nossa reportagem, que não deixam ela entrar porque a travesti Graciela arrumou confusão no cais, que muitos pescadores reclamaram, então a segurança do local teve que tomar alguma atitude.
"A gente conheço Graciela a muito tempo, nós avisamos várias vezes que ela estava errada não podia arrumar confusão no cais, que os pescadores estavam reclamando, mesmo assim ele foi outra vez e arrumou confusões com pescadores e seguranças", disse.
Os seguranças informaram ainda que não tem nenhum problema em receber homossexuais, travestis ou transexuais.  "Eles só precisam respeitar as regras do cais da CEAGESP".
A Graciela desmentiu os relatos dos seguranças, que houve sim confusão, mas não com ela.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp