29/10/2019 às 11h59min - Atualizada em 29/10/2019 às 11h59min

Férias escolares: Pipas com cerol ou linha chilena podem causar acidentes

Julho e dezembro é o mês das férias e uma das brincadeiras preferidas das criançadas e adolescentes é soltar pipa; mas cuidado

- Por Natan Arcanjo
Férias: perigo do uso do cerol e da linha chilena em pipas...
Quem não gosta de ver as pipas coloridas soltas no ar? Com a chegada das férias escolares no mês de julho, uma das atividades é a soltura de pipas. Porém, soltar pipa pode ser perigoso por conta de um item usado nas linhas do objeto: o cerol, uma mistura de cola com vidro moído, aplicado em linhas de pipas, tem como objetivo cortar a linha de pipas do concorrente. A mistura é altamente cortante, as principais vítimas do cerol são motociclistas e ciclistas. Pessoas que estão próximas à áreas da brincadeira também correm riscos, além da própria garotada que participa da disputa. O delegado de Cananeia Ted Wilson Andrade, afirma que é importante orientar a população para denunciar locais que comercializem esse tipo de produto. Linhas como essas quando ficam presas em árvores, podem machucar os animais. “Muitos pássaros silvestres, quando enroscam nessas linhas, podem ter a asa cortada e a perna decepada”. O delegado disse nossa reportagem que, menores flagrados na prática de cerol na linha da pipa ou linha chilena, serão levados à delegacia da Polícia Civil e liberados somente na presença dos pais ou responsáveis. É importante destacar que também há uma lei estadual específica (12.192/2006), que proíbe o uso de linhas de cerol em pipas. Nesse caso, a lei determina que seja aplicada uma multa ao maior de 18 anos que for surpreendido com cerol. O mesmo valor se aplica ao responsável legal pelo menor de idade que estiver cometendo a irregularidade. Com relação à conduta de vender ou expor a venda o cerol feito à base de pó de vidro ou ferro e, ainda a linha chilena, estará caracterizado o crime previsto no artigo 7.º Inciso IX da Lei n.º 8.137 de 1990. O cerol é uma mistura de cola de madeira com vidro moído, que as crianças passam nas linhas das pipas para que consigam cortar a linha de outras pipas, em uma espécie de competição ou disputa. Entretanto, ela pode cortar mais do que só uma linha. O cerol também possui algumas modificações, como a utilização de pó de ferro no lugar do vidro moído. O pó de ferro ainda possui um agravante: ele pode conduzir eletricidade quando toca nos fios de alta tensão dos postes, causando choques elétricos e até a morte. A linha chilena corta até quatro vezes mais que cerol. Para a fabricação da linha chilena, é utilizado óxido de alumínio e quartzo moído, conferindo um poder cortante muito grande. Tanto o cerol quanto a linha chilena podem ser facilmente encontradas em algumas lojas, mesmo que a venda seja proibida. Para que seja difícil identificar a utilização da linha chilena caso haja uma fiscalização da polícia, as crianças colocam a pasta só em cima, perto da pipa. Mesmo diminuindo o tamanho do perigo, ele ainda existe. Perigos e acidentes O risco não é só para quem faz a utilização dos produtos, mas para todos que estão ao redor. Motociclistas e ciclistas: Algumas vezes a pipa pode ficar descontrolada e acabar abaixando. A esticada pode atingir motociclistas ou ciclistas que passam na rua e acabar causando um corte no pescoço ou outra parte do corpo. Todos os anos, nesse mesmo período, são registrados vários casos de pessoas atingidas por cerol ou linha chilena. Veja algumas dicas de como soltar pipas em segurança:
• As pipas devem ser empinadas longe de rede elétrica;
• Evitar o uso das “rabiolas”, pois elas agarram nos fios elétricos e podem provocar choques;
 • Não utilizar papel alumínio na confecção das pipas, eles provocam curto-circuitos caso entrem em contato com fios elétricos;
• Não tentar recuperar a pipa caso ela fique presa em alguma rede elétrica. Subir em telhados ou postes não é seguro;
• Também há o risco de choque. Tentar tirá-la com varas, bambus ou qualquer outro objeto também não é aconselhável;
• Não se devem soltar pipas em dias de chuva. A pipa funciona como para-raios e conduz a carga de energia;
• Não empinar pipas em cima de lugares altos com risco de queda, como lajes e telhados;
• Nunca utilizar linha metálica ou qualquer outro metal na pipa;
• Evitar empinar em lugares movimentados, próximo a ruas e com passagem de carros. Ciclistas e motociclistas: Utilize a antena de proteção em suas conduções, ela pode evitar um acidente.
• Campanha 2019/20 “Cerol Não”.
• Se você ver algum grupo utilizando cerol e/ou linha chilena ou comércio vendendo, entre em contato com a Polícia Militar no telefone 190 ou a Polícia Civil 3851- 4036.
               
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp