02/12/2019 às 10h30min - Atualizada em 02/12/2019 às 10h30min

MUNICÍPIO DE ILHA COMPRIDA LANÇOU CAMPANHA "NÃO DÊ ESMOLA, MOSTRE O CAMINHO" E ANUNCIOU CADASTRO DE FLANELINHAS E CATADORES DE MATERIAIS RECICLÁVEIS

Em reunião com comerciantes e ambulantes do município, realizada na noite de quinta 28/11, no auditório da Escola Meu Recanto, o prefeito Geraldino Júnior anunciou a realização da Campanha "Não dê esmola, mostre o caminho" e também o cadastro de duas categorias profissionais que irão trabalhar no verão 2020: flanelinhas e catadores de materiais recicláveis. As ações anunciadas pelo prefeito contam com apoio das Polícias Civil e Militar, do Fundo Social de Solidariedade e Departamentos Municipais de Fiscalização, Desenvolvimento Social, Trânsito, Planejamento Urbano e Saúde. De acordo com o prefeito, o objetivo é disciplinar o trabalho dos flanelinhas e catadores e também oferecer encaminhamento à área social da população em situação de rua. O prefeito Geraldino Júnior pediu apoio dos comerciantes à ação conjunta entre Município e Polícias Civil e Militar. "A regularizando das profissões de catador e flanelinha valoriza os profissionais da Ilha Comprida, disciplina a atividade e atende da melhor maneira possível os turistas ", explicou a presidente do FSS, Juliana Peitl. Junto com o cadastro, os profissionais receberão carteira de identificação e treinamento. De acordo com o sargento Levi, da PM, com a regulamentação, será possível a ação contra o exercício ilegal das profissões. As datas para os cadastros desses profissionais serão anunciadas em breve.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp