23/03/2020 às 12h35min - Atualizada em 23/03/2020 às 12h35min

Prefeitura de Cajati define novas medidas para a prevenção ao Coronavírus em Cajati

O objetivo é conscientizar os munícipes sobre a importância do isolamento social para reduzir a velocidade da disseminação da doença

A Prefeitura de Cajati apresenta novas medidas preventivas contra o avanço do Coronavírus, de acordo com o Decreto 1.585, de 20 de março de 2020, que se somam ao Decreto 1.583, de 18 de março de 2020. Para o enfrentamento da doença, foi estabelecido estado de calamidade pública e de emergência no município. As novas medidas são:

- Até 10 de abril, estão vedadas as atividades religiosas em templos, igrejas, praças, terreiros e outros estabelecimentos destinados à prática religiosa.

- Até 10 de abril, está proibido o funcionamento presencial dos estabelecimentos comerciais – poderão atuar somente com vendas on-line e entrega em casa (delivery).

- Os estabelecimentos que comercializam alimentos e medicamentos poderão funcionar normalmente, desde que apliquem as normas de higiene e prevenção ao COVID-19 e não vendam bebidas alcoólicas.

- Poderão funcionar de portas fechadas, para atendimentos de urgência e emergenciais, os consultórios médicos, odontológicos, locais que realizam exames médicos, clínicas veterinárias, casas agropecuárias e de rações para animais, borracharias, oficinas mecânicas, estabelecimentos de materiais de construção e agências bancárias.

- Até 10 de abril, estão proibidos os eventos e atividades privados e os de esportes, práticas de atividades físicas, artísticas, culturais, políticas, científicas, estudantis e outras.

- Para as feiras livres, apenas os abastecimentos de hortifrutigranjeiros poderão funcionar com espaço de 2 metros entre as unidades.

A Vigilância Sanitária de Cajati está autorizada a notificar os infratores desse Decreto. Caso o estabelecimento descumpra a medida, mesmo após a notificação, o alvará de funcionamento poderá ser cassado e ainda poderá sofrer outras medidas prevista no código penal brasileiro.  

O objetivo é proteger a todos e evitar que os grupos de risco, como idosos e pessoas que já estejam com a imunidade comprometida, sejam expostos à doença.

Link
Notícias Relacionadas »

Você é a favor ou contra do bloqueio no Trevo de Cananeia

78.7%
21.3%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp