03/06/2020 às 20h45min - Atualizada em 03/06/2020 às 20h45min

Interdição de balsa deixa moradores ilhados em povoado da área continental de Cananeia...

Quem vive na área continental de Cananeia precisa fazer trajeto de 40 km para chegar à cidade antes era de 5 km. Diante da situação, causada por falta de manutenção do trapiche, estão tendo dificuldade e temem perder o emprego.

- Redação Natan Arcanjo MTB 799553
Fonte:JNC
A interdição de uma balsa deixou ilhados moradores da área continental de Cananeia. A empresa tomou a decisão devido à falta de condições de segurança do trapiche. Com isso, a população enfrenta vários problemas e trabalhadores estão tendo transtorno para trabalhar no centro da cidade. O Secretário de Transportes Metropolitanos João Otaviano disse que está trabalhando para resolver o problema. Como não é possível fazer a travessia, os moradores precisam percorrer cerca de 40 km até a cidade, o que para muitos é praticamente inviável. Eles afirmam que a interdição se deu por falta de reparos e abandono pela parte da Dersa.
 “Eu não sei o que vai acontecer porque ninguém toma providência, ninguém é dono, ninguém é responsável. Espero que as autoridades competentes resolvam de uma vez por todas o nosso problema, o nosso povo todo está sofrendo”. Reclama um morador do Porto Cubatão. O prefeito da cidade, Gabriel Rosa, disse que enviou sete ofícios para o secretário do transporte e logistica  João Otaviano Machado Neto, o mesmo aformou  afirmou que até sábado estará funcionando a balsa, e uma equipe chegará amanhã para realizar manutenções. Esse ano é ano político, e os opositores aproveitaram para alfinetar o prefeito da cidade, mesmo que a responsabilidade é do estado e não do município. Os moradores do continente comentaram em redes sociais, que, agora vai aparecer muitos políticos salvadores da pátria, que só aparece em quatro em quatro anos.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp