18/05/2021 às 08h53min - Atualizada em 18/05/2021 às 08h53min

Hospital Regional de Registro realiza segunda captação de órgãos para transplante

Foram captados os rins, fígado e córneas da paciente, uma jovem de 15 anos

- Por Mônica Bockor
Fonte: ISG Saúde
“A equipe da UTI Pediátrica lamenta sua despedida, mas sentimos um imenso orgulho da sua luta pela vida e por dar esperança ao próximo”. A mensagem deixada cuidadosamente no leito demonstra o carinho da equipe do Hospital Regional de Registro (HRR) pela paciente que permitiu a segunda captação de órgãos para transplante na Unidade. A adolescente de 15 anos, do município de Miracatu, sofreu morte encefálica devido a um aneurisma. 
Com o diagnóstico confirmado, o HRR realizou a entrevista com a família, que consentiu a doação dos órgãos. Todo o processo foi conduzido pela Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT) do HRR, que acionou a Organização de Procura de Órgãos do Hospital das Clínicas (FMUSP-HC). Na noite de quarta-feira, 12/05, a equipe do HC realizou a cirurgia para remoção dos órgãos - foi possível a doação dos rins, córneas e fígado. 
No trajeto da UTI Pediátrica até o Centro Cirúrgico, a equipe de enfermagem realizou a caminhada do respeito, um gesto simbólico em homenagem à paciente.  Sobre a paciente, outra mensagem de carinho: “A doação é uma das linguagens mais belas do amor”. A jovem foi internada no HRR no dia 5 de maio, com suspeita de meningite. Após todos os exames, foi constatada a hemorragia subaracnóide devido à ruptura de aneurisma.
“Em vida a paciente queria ser bombeira para salvar pessoas e assim pode fazer mesmo após sua morte tão precoce. Que muitas pessoas possam continuar vivendo através dela. A doação de órgãos, além de ser uma atitude nobre, permite a família do doador ressignificar a dor da perda”, afirma a médica pediatra, Dra. Manuella Amaral Faria. 

 

Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp