18/05/2021 às 16h00min - Atualizada em 18/05/2021 às 16h00min

Polícia localiza mais de 420 kg de cocaína escondidos em carga de feijão na Régis Bittencourt

Carreta foi abordada em Barra do Turvo e carregava cerca de 37 toneladas de feijão. A droga estava embaixo dos grãos somando, ao todo, 419 tabletes e 426,25 kg da substância.

- Por G1 Santos
Droga foi apreendida por equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Barra do Turvo, SP — Foto: Rinaldo Rori/TV Tribuna
A Polícia Rodoviária Federal encontrou mais de 420 kg de pasta base de cocaína, escondidos em uma carga de feijão, em um caminhão bitrem que trafegava na rodovia Régis Bittencourt, em Barra do Turvo, no interior de São Paulo. Os tabletes estavam escondidos em colunas falsas e no assoalho da carreta.

Os policiais realizavam a fiscalização no km 525, por volta das 16h30 deste domingo (16), quando se depararam com uma carreta bitrem. O veículo saiu de Xanxerê (SC) com destino a São Paulo, com uma carga de feijão a granel.

De acordo com a PRF, o veículo era conduzido por um homem de 66 anos, que demonstrou grande nervosismo ao ser abordado pelos policiais, despertando a atenção da equipe para uma fiscalização mais detalhada.

Na fiscalização do compartimento de carga, a equipe encontrou, escondido na lateral do semirreboque e no assoalho, vários tabletes de cloridrato de pasta base de cocaína, em sua forma mais pura e com alto valor de mercado.

A carreta carregava cerca de 37 toneladas de feijão e a droga estava embaixo dos grãos. Apesar da ocorrência ter início neste domingo, os policiais terminaram de calcular a quantidade de cocaína encontrada no veículo nesta segunda-feira (17). Ao todo, foram 419 tabletes e 426,25 kg da droga.

O motorista confessou aos policiais que receberia a quantia de R$ 30 mil para o transporte da droga e que o destino provável seria o Porto de Santos, para exportação. Ele foi preso e encaminhado para a delegacia de Jacupiranga, onde a equipe realizou os procedimentos para o transbordo da carga de feijão e fez o cálculo da quantidade de droga escondida.

 

 
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp