08/12/2017 às 01h19min - Atualizada em 08/12/2017 às 01h19min

O que faz com que vereadores rejeitem um projeto que ia gerar emprego futuros no Município?

- Redação:Natan Arcanjo
Créditos da Imagem: Arquivo JNC

Acredito que a população não aguenta mais ver vereadores legislando em causa própria, aprovando projetos de seu interesse e não do eleitorado que o elegeu, neste modo atrasa o desenvolvimento da cidade.

Basta ver aqui recente projeto que a mudança da lei que o servidor público aposentado só poderia voltar trabalhar através do concurso público, só que foi rejeitado pelos nossos ilustres edis, o que, em minha opinião é um absurdo.
Quando há qualquer interesse direto dos representantes ou de seus partidos ou até familiar na votação de alguma norma, estes deveriam ser declarados impedidos ou suspeitos de votar em benefício próprio.

O projeto de estruturação do funcionalismo pública já vinha se arrastando na casa  por duas sessões, os vereadores o tiraram de pauta cobrando mais esclarecimentos, acerca do assunto do executivo. Ainda não satisfeitos fizeram reunião com o prefeito. Os vereadores de oposição estavam decididos a reprovar o projeto, porém, no momento da votação, permaneceram em posição de aprovação, mas depois votaram contra, com a ausência do presidente da Câmara, ficou 4 a 4 reprovando em segunda votação o projeto.

É surreal a possibilidade de a Câmara dos vereadores atuar em desconformidade com o interesse público, reprovando uma lei, que pelo Juiz de direito da cidade é inconstitucional. Parece que tudo feito para satisfazer a sede de vingança de vereador. Será que eles estão representando o povo? Foi perguntado para a população a sua vontade?

Sem esse exercício vão, como entender que quatro vereadores tenham votado contra uma medida que tinha por princípio gerar empregos futuros para os filhos cananeenses. Que mistérios operam? Que peso recai sobre os ombros desses quatro parlamentares da oposição eleitos justamente pelos moradores da cidade em busca de empregos? Quantos filhos cananeense saem da nossa cidade para procurar emprego em outras cidades?

Por certo, os vereadores aprovariam, sem ressalvas, o projeto do executivo. Ledo engano. À exceção de Cesinha Calazans, Marco Aurélio, Paulo Rangel e da vereadora Claudete Xavier, os demais mandaram a iniciativa para as calendas gregas. O projeto foi derrotado por 4 votos contra 4 a favor.

Novamente o jornal Notícia de Cananeia conclama a toda sociedade Cananeense em acompanhar de perto e participar efetivamente deste importante processo, onde cabe apenas aos 09 vereadores escolherem o destino de Cananéia nos próximos 3 anos.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp